Fuga de investidor estrangeiro cresce e pressiona dívida

Fuga de investidor estrangeiro cresce e pressiona dívida
Desde 2015, a participação de estrangeiros nos títulos de dívida pública caiu de 20,8% para 9%. O movimento foi intensificado por conta da covid-19 e impõe mais dificuldades ao Tesouro, pois esse investidor busca em geral títulos de mais longo prazo.