Polícia Civil prende suspeitos de integrar facção e desarticula distribuição de drogas em Juína

A primeira ação ocorreu na quinta-feira (12.11) ocasião em que um suspeito de 18 anos e o adolescente, de 16 anos, foram detidos pela atuação com a distribuição de entorpecentes em alguns bairros da cidade.

Polícia Judiciária Civil | FOTO: Divulgação

Polícia Judiciária Civil | FOTO: Divulgação

A Polícia Civil de Juína (375 km a noroeste de Cuiab√°) desarticulou a distribui√ß√£o de drogas no município, com a deten√ß√£o de tr√™s pessoas, entre elas um menor de idade, suspeitas de integrar uma fac√ß√£o criminosa envolvida com o tr√°fico de entorpecentes. As pris√Ķes de um homem e de uma mulher maiores de idade e a apreens√£o de um adolescente ocorreram em a√ß√Ķes distintas realizadas nos últimos cinco dias.

A primeira a√ß√£o ocorreu na quinta-feira (12.11) ocasi√£o em que um suspeito de 18 anos e o adolescente, de 16 anos, foram detidos pela atua√ß√£o com a distribui√ß√£o de entorpecentes em alguns bairros da cidade. Na a√ß√£o, os policiais descobriram uma resid√™ncia no bairro Módulo 5, onde estava escondida parte da droga, sendo apreendido no local balan√ßa de precis√£o e 24 por√ß√Ķes de maconha.

O suspeito maior de idade foi conduzido e autuado em flagrante por tr√°fico de drogas, associa√ß√£o pra o tr√°fico e corrup√ß√£o de menores. O menor foi liberado e segundo as investiga√ß√Ķes da Polícia Civil, logo após sair da Delegacia de Polícia, retornou para sua fun√ß√£o dentro da organiza√ß√£o criminosa, abastecendo os pontos de venda de entorpecentes da cidade, conhecidos como "Lojinhas".

Em continuidade as investiga√ß√Ķes, na segunda-feira (16), os policiais realizaram a pris√£o de uma jovem, de 18 anos, e novamente a apreens√£o do adolescente, de 16 anos por envolvimento com o comércio ilícito.

Durante o monitoramento, os policiais verificaram que o menor continuava realizar o trabalho em companhia da jovem, utilizando uma motocicleta para abastecer as bocas de fumo. Os investigadores também receberam informa√ß√Ķes de que o casal estaria em posse de entorpecentes que seriam distribuídos ainda na segunda-feira nas lojinhas.

Com base nas informa√ß√Ķes, os policiais conseguiram localizar os suspeitos nas proximidades do bairro Padre Duílio, no momento em que paravam na porta de uma resid√™ncia para fazer a entrega da droga. Com a jovem, foi encontrada uma sacola com balan√ßa de precis√£o, tr√™s por√ß√Ķes médias de pasta base de cocaína e uma de maconha, além de aparelhos celulares, lista com anota√ß√Ķes relacionadas ao tr√°fico, e R$ 350 em dinheiro.

Diante da situa√ß√£o, o casal foi conduzido à Delegacia de Juína onde a suspeita maior de idade foi autuada em flagrante pelos crimes de tr√°fico de drogas, associa√ß√£o para o tr√°fico e corrup√ß√£o de menores. O menor responder√° pelo ato infracional an√°logo aos crimes de tr√°fico e associa√ß√£o pra o tr√°fico.

De acordo com o delegado, André Luís Barbosa, que as investiga√ß√Ķes de combate ao tr√°fico de drogas tem demonstrado que a organiza√ß√£o criminosa usa estratégicas específicas na venda de entorpecentes. "Os integrantes do grupo carregam apenas pequenas por√ß√Ķes de drogas com objetivo de descaracterizar a atividade de tr√°fico, se por ventura, forem detidos em situa√ß√£o de flagrante", explicou o delegado.