Corpo de piloto morto na queda de helicóptero ainda não foi resgatado ataso

A aeronave do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) caiu na região da divisa entre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Coronel Mauro Tadeu morreu no acidente | Foto: Divulgação

Coronel Mauro Tadeu morreu no acidente | Foto: Divulgação

O corpo do coronel Mauro Tadeu, piloto do helicóptero que caiu no Pantanal mato-grossense, nessa segunda-feira (30) ainda não foi resgatado do local, até esta terça-feira (2), por causa do difícil acesso da região. A cabine em que o piloto estava ficou afundada na lama.

A aeronave do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) caiu na região da divisa entre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O piloto, que era do Corpo de Bombeiros do Pará, estava atuando na força-tarefa de combate a incêndios na região e não resistiu à queda.

De acordo com o coronel Pedro Paulo Borges Amaral, piloto de helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), o local é de difícil acesso por ser alagado e ter muita lama, o que atrapalha o resgate do corpo.