Juve bate Lyon com gols de Cristiano Ronaldo, mas cai na Liga dos Campeões

A Juventus também se despediu da Liga dos Campeões nesta sexta-feira. Apesar de ter superado o Lyon por 2 a 1 no Allianz Stadium, com dois gols de Cristiano Ronaldo, o [...]

Juve bate Lyon com gols de Cristiano Ronaldo, mas cai na Liga dos Campeões

A Juventus também se despediu da Liga dos Campeões nesta sexta-feira. Apesar de ter superado o Lyon por 2 a 1 no Allianz Stadium, com dois gols de Cristiano Ronaldo, o placar foi insuficiente para reverter o resultado do jogo de ida, quando os franceses levaram a melhor por 1 a 0. No placar agregado, o Lyon garantiu a vaga nas quartas de final pelo critério de gols fora de casa.

Essa foi a pior campanha da Juve na Liga dos Campeões desde a temporada 2015-2016. Já o Lyon se colocou entre os melhores da competição pela primeira vez desde 2009-2010, quando caiu apenas nas semifinais, diante do Bayern de Munique.

No duelo em Turim, os visitantes saíram na frente com um gol de Depay, de pênalti. Cristiano Ronaldo buscou a vitória, mas ficou faltando um gol para ele ser herói do time nas oitavas, como na temporada passada. Na ocasião, a equipe havia perdido para o Atlético de Madrid por 2 a 0, e levou a melhor por 3 a 0 na volta, com hat-trick do ídolo.

Leia também

Gabriel Jesus brilha na classificação do Manchester City sobre o Real

Ministério Público paraguaio pede suspensão do processo contra Ronaldinho

Técnico do Bayern diz que Philippe Coutinho pode ter nova chance como titular na Liga

A partir das quartas, a Liga dos Campeões terá todas as eliminatórias decididas em jogo único em Lisboa, Portugal. Na luta para voltarem às semifinais, os comandados do técnico Rudi Garcia enfrentarão o Manchester City, algoz do Real Madrid, no sábado da semana que vem, no estádio José Alvalade.

Recuperando-se de uma lesão, Dybala começou no banco, mas foi acionado no decorrer da partida. O Lyon não se limitou a defender e teve a primeira chance aos oito minutos. Alex Sandro afastou a bola depois de cruzamento, Aouar emendou um bonito chute e mandou para fora. Um minuto depois, com ajuda do VAR, marcou pênalti de Bentacur em Aouar. Depay cobrou com extrema catgoria, com uma bonita cavadinha, deslocando Szczesny, e fez 1 a 0.

A Juve reagiu apenas na parte final do primeiro tempo, na bola parada. Aos 39, Cristiano Ronaldo cobrou falta tirando da barreira, e Anthony Lopes fez linda defesa. Logo depois, a arbitragem enxergou toque de mão de Depay dentro da área e assinalou nova penalidade. Cristiano bateu e deixou tudo igual.

O português voltou a brilhar aos 14 minutos da etapa final. O camisa 7 encarou a marcação, driblou e acertou um lindo arremate de pé esquerdo, sem nenhuma chance para Lopes defender. Cristiano Ronaldo continuou bastante ativo, e apareceu como garçom. Aos 23 minutos, o cinco vezes melhor do mundo levantou com açúcar para Higuaín, que, contudo, cabeceou por cima.

O gol que poderia ter sido o da classificação da Juve quase saiu aos 36, em jogada de Cristiano com dois companheiros que começaram na reserva. Danilo lançou o camisa 7, que preparou para Dybala. O argentino chegou pegando de primeira, mas também encobriu a meta. Nos minutos finais, Dybala voltou a sentir os problemas físicos, e a Juventus apostou nos chuveirinhos para a área, inclusive com De Ligt fixo como um centroavante. Entretanto, a defesa do Lyon resistiu, e o time passou de fase.

* Com EFE