Além do sofrimento, vítimas de assédio online devem pagar custo do processo

Além do sofrimento, vítimas de assédio online devem pagar custo do processo
"Essa sua língua deve fazer mágica", disse um seguidor de Mel Maia, 15, em mensagem privada para a atriz no seu perfil no Instagram, em fevereiro. O homem era casado. Foi apenas um exemplo público de algo infelizmente comum: assédio nas redes sociais contra mulheres. Denunciar se torna difícil não apenas pelo estado de sensibilidade da vítima, mas também por questões burocráticas.